top of page

Abra este livro e faça uma viagem profunda para a reforma da poesia. Encontre, ao mesmo tempo, uma crítica e um elogio ao concretismo. O verso morreu, mas a poesia se manteve e aqui ela é arte ou o que quer que seja. Por vezes abstrata, por outra, com aliteração e até soneto. No fim, apenas completa e incompleta pura poesia.

“A Morte do verso

O verso morreu.

Desejo muito ser o herói dessa afirmação

Quem matou o verso, matou silenciosamente – sem sangue

O assassino do verso pode ser um malabarista russo

Quem matou o verso libertou o verdadeiro poeta ...”

A MORTE DO VERSO

R$29,00Preço
  • Poesia

bottom of page